Marble Surface
 
  • Fernanda Proença

#10 Resenha: A Testemunha


Título Original: The Witness

Autor(a): Nora Roberts

Editora: Bertrand

Ano: 2015


Sinopse:


Fruto de uma inseminação artificial feita por uma mãe fria e controladora, Elizabeth Fitch, adolescente sempre estudiosa e obediente, se deixa levar por uma noite. Depois de beber além da conta, ela se encanta por um dos donos da boate, um homem galante e dono de um sedutor sotaque russo. Acompanhando a amiga Julie, segue rumo a uma linda mansão em Lake Shore Drive, ainda sem saber que o lugar alteraria para sempre a sua vida. Doze anos mais tarde, em Bickford, interior do Arkansas, uma nova moradora anda despertando a curiosidade da vizinhança. Abigail Lowery não é propriamente uma recém-chegada, mas continua sendo uma desconhecida: em um ano, sabe-se pouco, ou quase nada sobre a moça. E as esparsas informações a seu respeito – solteira, discreta, dirige uma SUV e é dona de um feroz bulmastife chamado Bert – parecem ser a manaria mais rápida de chamar atenção nessa pequena cidade entre as Montanhas Ozark. O mistério de Abigail Lowery e sua mente afiada, natureza secreta e filosofia de vida nada romântica intrigam o chefe de polícia local, Brooks Gleason, tanto ao nível pessoal quanto ao profissional. Mas, enquanto suspeita que Abigail precise de proteção contra algo, Gleason, acostumado a criminosos de segunda categoria, não faz ideia de que está entrando no caminho de homens poderosos e perigosos. E Abigail Lowery, que construiu uma vida baseada em segurança e autocontrole, corre o risco de perder ambos.

Resenha:


Elizabeth Fitch é uma jovem de dezesseis anos que não aguenta mais ser controlada pela mãe e após uma “discussão” e a mãe simplesmente ir embora, ela decide se rebelar e nesse caminho ela se torna amiga de Julie Masters e ambas acabam indo para uma boate e conhecem o dono da boate que as convida para ir até a casa dele e atendendo o pedido de sua nova amiga, Elizabeth a acompanha e a noite acaba se transformando numa enorme catástrofe e ela é forçada a fugir.

Abigail Lowery é uma mulher que vive sozinha com seu cão Bert e evita a todo custo entrar em contato com as pessoas ao seu redor até que um delegado da cidade onde ela passou a morar, Brooks Gleason decide se aproximar, o que atrapalha a sua rotina perfeita e isso a deixa extremamente irritada e apreensiva, pois o delegado está despertando sentimentos que ela não quer sentir.

Uma história bem emocionante e com as medidas certas de suspense, romance e comédia. Os personagens são cativantes embora em alguns momentos eu tenha sentido um pouco de raiva da Abigail, pois ela beira a chatice, a leitura também foi um pouco difícil devido a repetição excessiva da palavra “moça”. Brooks por outro lado é um personagem incrível, engraçado, paciente. A família dele também é maravilhosa, principalmente a sua mãe que foi uma das responsáveis pela aproximação dele com a Abigail. É simplesmente incrível a forma como ele vai se aproximando aos poucos da Abigail e como aos poucos ele foi derrubando as barreiras que ela havia levantado.



ATENÇÃO: A NARRATIVA CONTÉM CENAS DE VIOLÊNCIA QUE PODEM CAUSAR GATILHOS!

1 visualização0 comentário