Colin Fischer - Ashley Edward Miller e Zack Stentz

Ashley Edward Miller e Zack Stentz

Colin Fischer

Autores: Ashley Edward Miller e Zack Stentz

Editora Novo Conceito

176 páginas
Avaliação: 5/5

"Colin detectou um novo tom em sua voz e tentou identificá-lo. IMPRESSIONADO, concluiu. Talvez DIVERTIDO, não poderia estar totalmente certo sem uma gravação para rever e depois fazer um estudo comparativo."



Colin Fischer é um garoto de 14 anos que é portador da Síndrome de Asperger, essa síndrome causa uma desordem genética e apresenta semelhanças com o autismo, com isso, possui dificuldades em se relacionar com as pessoas, não gosta que elas toquem nele e nem que se aproximem muito. Pelo seu jeito, Colin é perseguido por alguns alunos, porém, ele lida bem com tudo isso.

Colin também é extremamente inteligente, ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, nos quais identifica claramente as expressões feitas pelas pessoas a sua volta. Extremamente observador, Colin anota em seu caderno tudo o que considera interessante, por isso não o larga jamais. 

É também amante de mistérios, e foi no aniversário de Melissa, quando um clarão de luz acompanhado por um estrondo de uma explosão e gritos desesperados, que Colin pôde colocar em prática sua investigação para descobrir quem levou uma pistola de nove milímetros para o colégio e efetuou o disparo. 

Fischer está disposto a provar que Wayne, o garoto que mais o persegue, é inocente. Afinal, Wayne come muito ordenadamente e a arma estava suja de glacê, não poderia ter sido ele...

"Wayne Connely tem a força de três calouros do ensino médio. Alimentação e exercícios físicos? Investigar."  


Colin Fischer é um livro que amei, os autores desenvolveram a história super bem, o texto é direto e possui uma narrativa rápida e leve. O protagonista é simplesmente adorável, esquisito e ao mesmo tempo amável, Colin vive em seu mundinho com suas estrancinhes que consistem em não gostar de azul (o que concordo com ele, por ser colorada, acho o azul uma cor bem feia =P), não gostar de ser tocado e só comer alimentos crocantes, não gosta dos macios.

Sua inteligência é surpreendente e ele a usa para desvendar o misterioso caso da sua escola e provar a inocência de Wayne. Com o nosso adorado Colin, aprendi várias coisas, sério, me senti mais inteligente após ler o livro, Colin é o cara!

O livro é divertido, com ele me desliguei completamente do mundo e entrei na cabeça de Colin, pude ver as coisas da forma como ele via, o que foi muito bom. Gostei muito de ver a maneira com que ele lida com tudo, mesmo com algumas dificuldades devido sua síndrome.

Os personagens secundários são importantes, e eu gostaria de mencionar o professor de Educação Física, Sr. Torrentine, ele tem um modo um tanto grosseiro de ser, mas em nenhum momento tratou Colin de maneira diferente dos outros, ao contrário, não deixou que ele deixasse de ir em suas aulas por causa dos seus problemas, não o dispensou e fez com que Colin, mesmo a contragosto, passasse por cima de suas "limitações". Achei essa atitude muito interessante e gostei, pois geralmente as pessoas costumam tratar as outras que possuem qualquer tipo de doença como coitadinhas, e não foi isso que ocorreu. 

Enfim...adorei Colin Fischer, os autores criaram uma deliciosa trama! E eu quero mais livros com Colin!!! \0
Recomendo com certeza! 

7 comentários:

  1. Parece muito interessante, ai tenho que parar de me interessar pelos livros ou vou à falência...rsrs

    ResponderExcluir
  2. Oi Lara, tudo bem?

    Já tinha ouvido falar desse livro antes, e fiquei bem interessada. Parece ser um livro bem legal e diferente, adoro esse tipo de investigação, ainda mais por desvendar a inocência de uma pessoa... sem ter aquela figura chata do detetive no meio. E o Colin parece ser muito especial (não pela doença), mas pelo jeito dele.

    Adorei sua resenha!!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Oi, o livro me parece ser bem legal, mas não é um livro que me interessei.
    Adorei seu blog :D

    eueminhapequenaestante.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li este livro, mas quero ler.
    Espero gostar bastante dele.

    Beijos Fê :*
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa não achei que o livro era legal assim, vi ele pela blogosfera, ams não havia me animado em conhecer mais. Quando você mencionou os cartões com expressões faciais lembrei de um filme baseado em fatos reais que assisti: "Temple Grandin" muito bom. Gostei da resenha e agora também quero ler o livro! :3

    Beijo!
    Dani
    A Thousand Lifetimes

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Gostei da resenha, me lembrou o livro "Um mundo à parte", onde o protagonista tem essa mesma sindrome e ajuda a policia a desvendar crimes... o professor de educação física, pelo que tu falou, lembrou o irmão desse menino (não lembro o nome :/), que trata ele como uma pessoa normal, implica, briga, faz de tudo haha

    Devaneios Estrellares

    ResponderExcluir
  7. Oiewww, fiquei a fim de ler o livro assim que disse que ele vai tentar provar a inocência do cara que mais atormenta ele por conta do glacê :D Deve ser realmente interessante *-*
    bjs
    http://www.horadaleitur.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir