Lançamentos Abril - Editora Arqueiro

 Olá leitores!!! Olhem que lindos estão os lançamentos de abril da Editora Arqueiro \0/
Quero muito Os Assassinos do Cartão Postal e Querida Sue...e vocês?? Leiam as sinopses e me contem =)))

james patterson


Uma viagem a Roma 

Jacob Kanon, um detetive da divisão de homicídios do Departamento de Polícia de Nova York, está muito longe de casa. Em sua longa viagem, já conheceu as mais belas cidades da Europa. No entanto, não é a paisagem que o atrai. Para ele, cada café, catedral ou museu é uma pista dos assassinos de sua filha. 

Um rastro de sangue 

A filha de Jacob, Kimmy, é apenas uma peça de um doentio e intricado quebra-cabeças. Amsterdã, Copenhague, Madri, Paris... Em toda a Europa, jovens casais são encontrados mortos com a garganta cortada. Os assassinatos não parecem ter qualquer conexão, além de cartões-postais enviados para os jornais locais dias antes da descoberta de cada crime. 

Mais pessoas correm perigo 

Numa tentativa de salvar as próximas vítimas, Jacob vai se unir à jornalista Dessie Larsson, que acaba de receber um cartão-postal em Estocolmo. O que eles não imaginam é que os crimes têm um propósito bem diferente do que pensavam. 


**** 

Emily e Clive Spencer são felizes e recém-casados, curtindo a lua de mel em Paris, onde fizeram dois novos amigos. Sylvia e Mac Rudolph são divertidos, sexy e muito interessantes. Tão interessantes que um convite para o quarto deles parece uma promessa inquestionável de uma noite louca e perfeita. Porém Emily e Clive estão prestes a ser assassinados. Enquanto isso, em Berlim, Jacob Kanon, um detetive da divisão de homicídios do Departamento de Polícia de Nova York, bebe vinho em seu quarto de hotel, analisando minuciosamente alguns cartões-postais. Embora pareçam inocentes, eles são mensagens enviadas por assassinos em série que andam atacando em toda a Europa, degolando jovens casais. Angustiado, Jacob persegue os criminosos de maneira obsessiva, dedicando cada minuto de sua vida à prisão dos monstros que mataram sua filha. A quilômetros dali, em Estocolmo, a jornalista Dessie Larsson sofre em mais um dia de trabalho. Avessa à fama e ao sucesso, quer apenas levar sua vida em paz, escrever boas histórias, se recuperar do fim de um relacionamento e finalizar sua tese de doutorado. Mas ela acaba de receber um cartão-postal...


Em Mar de rosas, segundo livro da série Quarteto de Noivas, o amor floresce junto com os primeiros botões da primavera. Este romance vai fazer você ter vontade de dançar num jardim, sob a luz do luar. Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor. Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado. Os seis são praticamente uma família. E justamente por isso Emma e Jack nunca revelaram a atração que sentiam um pelo outro. Mas há coisas que não podem ficar escondidas para sempre. Mar de rosas é uma história ardente, sexy e divertida sobre as vantagens e os desafios que surgem quando uma grande amizade vira paixão. 


**** 

Dona de uma beleza estonteante e de um jeito doce e sempre agradável, Emma atrai muitos homens e tem uma incrível habilidade com eles – principalmente na hora de dispensá-los. Mesmo com tantos pretendentes, ela ainda não encontrou o príncipe encantado com quem sonha desde menina. Talvez porque ainda não tenha procurado no lugar certo: bem debaixo do seu nariz. Jack Cooke é um arquiteto atraente, bem-sucedido e melhor amigo do irmão de Parker, uma das sócias e amigas de infância de Emma. Muito próximo das fundadoras da Votos, ele é praticamente da família. Quando percebe que seus sentimentos por Emma vão além de uma simples amizade, Jack fica muito confuso. Agora, para essa história dar certo, eles terão que encontrar o ponto de equilíbrio entre o solteiro avesso a compromissos e a mocinha romântica que sonha em se casar e ser feliz para sempre. 


"A história mais romântica do ano.” – Marie Claire.it 

“Um amor mais forte do que o tempo e a distância. Um romance à moda antiga, que sobrevive à separação e aos dramas da vida. Um candidato a fenômeno editorial.” – Mediaset.it 

Março de 1912: Elspeth Dunn, uma poetisa de 24 anos, nunca viu o mundo além de sua casa na remota Ilha de Skye, na Escócia. Por isso fica empolgada ao receber a primeira carta de um fã, David Graham, um estudante universitário da distante América. Os dois começam a trocar correspondências – compartilhando os segredos mais íntimos, os maiores desejos e os livros favoritos – e fazem florescer uma amizade que, com o passar do tempo, se torna amor. Porém a Primeira Guerra Mundial toma a Europa e David se oferece como voluntário, deixando Elspeth em Skye com nada além de esperanças de que ele sobreviva. 

Junho de 1940: É o início da Segunda Guerra Mundial e Margaret, filha de Elspeth, está apaixonada por um piloto da Força Aérea Real. A mãe a adverte sobre os perigos de se entregar ao amor em tempos de guerra, mas a jovem não entende por quê. Então, durante um bombardeio, uma parede de sua casa é destruída e, de dentro dela, surgem cartas amareladas pelo tempo. No dia seguinte, Elspeth parte, deixando para trás apenas uma carta datada de 1915. Com essa única pista em mãos, a jovem decide ir em busca da mãe e, nessa trajetória, também precisará descobrir o que aconteceu à família muitos anos antes. Querida Sue é uma história envolvente contada em cartas. Com uma escrita sensível e cheia de detalhes de épocas que já se foram, Jessica Brockmole se revela uma nova e impressionante voz no mundo literário. 





5 comentários:

  1. Yeaaah.. Eu estou lendo "Os assassinos do cartão-postal" e estou adorando.
    Mas sou suspeita: eu AMO James Patterson :)

    Beijos, Lu
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Confesso que Querida Sue e Os assassinos do cartão postal me ganharam já pelas capas rarsrsrsrs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Estou aguardando ansiosamente por esse livro do Patterson, já que foi escrito em parceria com uma autora de muito sucesso na Suécia. Soube hoje também sobre possibilidade de o livro ser adaptado ao cinema, o que inclusive foi uma ótima notícia :D

    Beijos,
    Ricardo - www.overshockblog.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie
    estou super ansiosa para ler Mar de Rosas e Querida Sue.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  5. Como sempre temos ótimas opções de leitura por parte da editora.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir