Lançamentos Grupo Editorial Pensamento - Outubro

Olá leitores! Vamos conferir os lançamentos desse mês do Grupo Editorial Pensamento?


Os Monges e Eu
Um relato dos quarenta dias que a autora Mary Paterson passou no mosteiro do mestre zen-budista Thich Nhat Hanh, onde ouviu atentamente seus ensinamentos na companhia de monges e monjas. Nesta envolvente história da peregrinação, Mary conta sobre os desafios que provocaram uma metamorfose em suas relações consigo mesma, uma jornada que a ensinou a manter a alegria em quaisquer circunstâncias e despertou nela a sua autoconfiança e força interior. Este livro nos ensina a aplicar os profundos ensinamentos budistas à nossa vida num período de quarenta dias, auxiliando a cultivar a alegria, sabedoria e força interior.


O Mundo de Platão proporciona uma visão abrangente do pensamento desse filósofo, que até hoje exerce fascínio sobre estudantes, eruditos e o leitor em geral. Ele inclui uma introdução à sua vida e à sua época, a história de Atenas até os dias em que ele viveu, uma descrição dos filósofos pré-socráticos e um resumo de cada um dos diálogos de Platão. Um guia resumido de um dos maiores pensadores do mundo.


Há treze anos, o professor de Física Metin Tolan analisa a fundo os malabarismos técnicos dos clássicos de James Bond e disseca os inventos do superespecialista Q. Segundo o autor, o fato de 007 nunca quebrar o pescoço em suas manobras de tirar o fôlego não é sorte. É Física aplicada! Tolan, juntamente com alunos da Universidade Técnica de Dortmund, pode dizer isso com certeza, pois calcula a velocidade alcançada em algumas perseguições e explica como funcionam os óculos de raios X e os relógios magnéticos, entre outros projetos encontrados nas histórias clássicas e modernas do maior agente secreto de todos os tempos.


Primavera de 1227. A Rainha Branca de Castela desaparece de forma misteriosa. Estranhos rumores se espalham pelo reino e alguns falam de uma intervenção diabólica. A única pessoa que pode resolver o enigma é o mercador de relíquias Ignazio de Toledo, conhecedor de ciências herméticas e notável por sua capacidade de resolver mistérios antigos. Em Córdoba, onde Ignazio foi convocado, ele encontra um velho mestre, que fala de um livro que todos procuram e que pode dar pistas sobre o desaparecimento. Porém, no dia seguinte, o mestre é encontrado morto, envenenado. A busca de Ignazio começa imediatamente. O encontro, em seguida, com uma freira e um homem considerado por todos um possuído, conduz Ignazio ao castelo de Airagne e a um misterioso homem, o Conde de Nigredo. Nesse local se oculta um terrível segredo, mas não será fácil sair dali com vida depois que ele for descoberto.


O impenitente ladrão bibliófilo Gilkey roubou uma fortuna em livros raros. Porém, diferentemente da maioria dos ladrões que roubam para auferir lucro, Gilkey rouba por amor: amor aos livros. Talvez igualmente obsessivo seja Ken Sanders, o autointitulado “bibliodetetive”, que dedica-se a capturá-lo. Com um misto de suspense, intuição e humor, a jornalista Allison Hoover Bartlett teceu sua narrativa acerca da perseguição ao estilo “gato e rato”, que revela precisamente não apenas como Gilkey cometeu seus crimes e o modo como Sanders conseguiu capturá-lo, mas, também, explora o aspecto romântico dos livros, do anseio por colecioná-los e da tentação de roubá-los.


Jamie Saintclair, um especialista em recuperação de obras de arte, achava que conhecia o avô; mas, quando se depara com o diário perdido do ancião, fica surpreso ao descobrir que o amável clérigo anglicano era um herói condecorado do Serviço Aéreo Especial, na Segunda Guerra Mundial. E o avô ainda lhe reserva outra surpresa: um mapa escondido dentro da contracapa do diário, com um estranho simbolismo nazista. Essa simples descoberta irá lançá-lo numa vertiginosa caçada ao tesouro por toda a Europa e num mergulho no passado sombrio da Alemanha. Existem pessoas que matariam para encontrar o artefato perdido e, embora não saiba disso, Saintclair detém a chave para seu esconderijo.

E ai gostaram? Eu fiquei bem interessa em A Biblioteca Perdida do Alquimista e O Testamento do Juízo Final!!

Um comentário:

  1. Quando abro um post de lançamentos, abro tb uma aba do Skoob, pq sei que algum livro será cobiçado, pelo menos, rsrs.
    Gostei demais do 'Os monges e eu', pq gosto de ler sobre os ensinamentos orientais, especialmente budistas. Algo que pode acrescentar à minha vida.
    Além deste, tb fiquei curiosa com 'O homem que amava muito os livros', uma caça interessante, bookaholic, rsrs. Pelo prazer da diversão e pra saber como vai ser essa busca.

    ResponderExcluir