Livros de CORTESIA, sendo VENDIDOS!

Olá queridos leitores, hoje vou apenas repassar uma postagem muito importante da blogueira Helana, dona do blog In The Sky, esse post fala sobre o comportamento de muitos blogueiros que vendem os livros que recebem de Cortesia das Editoras, o que na minha opinião, é algo extremamente revoltante, afinal, as Editoras confiam no blogueiro para que ele leia e resenhe, e não para que venda. Se não quer mais o livro, é justo trocar ou doar, mas vender? Vender é muita sacanagem!
Mas então, vamos ao post:

Vamos falar de livros hoje? 

Vamos falar da venda deles na internet, na sua livraria preferida, no sebo que você gosta de visitar vez e outra?
Que tal, essa história, você vai naquele sebo amigo, olha tudo que tem de interessante e uma capa linda lhe chama atenção. O livro é novo e bonito. Você dá aquela folheada amiga nele e encontra um carimbo discreto na capa, modesto “CORTERSIA” ou então “EXEMPLAR DE CORTESIA. NÃO PODE SER VENDIDO”. Você ignora e leva mesmo assim.
Epa! Epa! Você e o dono do sebo estão fazendo isso errado.


Livros de cortesia. Aqueles exemplares lindinhos que um blogueiro, jornalista, mídia social, seja lá o que for, recebe, não pode ser vendido.





”Ahhh, mas porqueeeeeeeeeee? Quero tanto vender uns livros que ganhei de cortesia para fazer um din-din extra”

Até onde sei não existe uma leia que “proíba” a prática. Mas é questão de bom senso, ética da pessoa.
Parceria não deixa de ser um negócio “lucrativo” (embora não seja rendável para o blogueiro), o livro que recebe da Editora é um preço pago pelo seu serviço. Você vai ler, vai resenhar, falar dele em seu blog! 
Vender um livro com carimbo de “Cortesia” é anti-ético e dependendo da seriedade da coisa é estorço e pode dar cadeia (de acordo com as minhas pesquisas) SIM!Então imagine você, querido leitor. Um belo dia vê sua estante lotada de livros e ficou afim de vender alguns e acaba fazendo um bazar em seu blog?Pode parecer algo inocente, mas não é! A coisa fica pior quando se faz tudo em baixo do nariz das suas Editoras parcerias. Aquelas mesmas que que enviam livros para você esperando ao menos sua resenha, gostando ou não.As mesmas Editoras que a gente meio que tem relação de amor e ódio sabe? (Quem nunca ficou revoltando com atrasado ou com falta de resposta de e-mail?) essas mesmas gente.Por mais que elas, digo todas, ás vezes, faltem um pouco conosco é uma vergonha qualquer blogueiro se aproveitar de livros de cortesia e sair vendendo por aí. 

(Se você achar um livro com carimbo como esses não compre e reclame!)

O texto de hoje é em resposta a uma situação mega delicada que vi na sexta feira, depois que algumas amigas de blogues estavam denunciando – o que achei super engraçado, vi no meio da tarde a coisa toda e acabou sendo eu o estopim de fazer barraco no twitter, e nem tenho tantos seguidores para fazer barraco quem acompanha o meu blog, no twitter, instagram ou até no Facebook sabe bem disso.

Se deu discussão é por que muitos acharam a prática errada! E SIM GENTE.. É ERRADO.
Galera, povo reclama que o País não vai pra frente, mas é situação desse tipo que nos dá exemplo da bagunça.Então gente! Se você é desse tipo: O livro é meu faço o que eu quero! Beleza, faça o que quiser com ele! Mas se for de cortesia não venda!
Livro de cortesia você pode trocar, você pode doar, você pode presentear. Não venda. Um trabalho suado de muitas pessoas.

Repassem e denunciem blogueiros anti-éticos que estejam praticando deste ato!!

Créditos: Blogueira Helana
Blog: In The Sky




11 comentários:

  1. Meu Deus.. que absurdo né?!
    É por coisas como essas que tira toda a credibilidade dos blogueiros. Principalmente aquele que não tem um blog grande e com muitos seguidores!
    Beijokas
    Jeh
    www.jeitodler.com

    ResponderExcluir
  2. Eu vi o pessoal comentando sobre isto ontem no facebook, achei no mínimo uma falta de ética do blogueiro que faz isto..

    Beijo
    Van - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olha eu achei um absurdo essa prática e fico bastante chateada porque isso atrapalha o relacionamento dos blogueiros com a editora.
    Você pensar que uma editora faz os kits especialmente para os parceiros e que vem alguns e simplesmente vendem é absurdo. É quero abusar da boa vontade da empresa.
    Fico triste também porque a partir desse fato haverá uma grande reformulação na NC e acredito que vão diminuir bastante os parceiros, e principalmente cortar aqueles que fazem isso.
    Eu nunca fiz nem farei uma coisa assim mas acho que nessa onda todos vão sair perdendo.

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  4. bom, eu nunca vendo, dou ou troco livros que ganho [não tenho parceria com editoras, mas se tivesse, os livros que ganharia delas tbm estariam inclusos na lista]. Mesmo se eu ler e não curtir a história, eu vou permanecer com o livro pq foi um presente e não me desfaço de presentes...
    quanto a compra em sebos, confesso que já vi muitos livros de biblioteca e de cortesia sendo vendidos. Sinceramente, se o título me interessar, eu compro. Vai que seja um livro que estou há ANOS tentando encontrar e quando encontro, só porque tem o carimbo cortesia eu vou deixar passar??? seria hipocrisia eu dizer que não compro. E olhe que sou rata de sebos, claro que se houverem exemplares diferentes, escolho o que mais se adeque a mim, mas não tendo outra opção, eu compro... Mas realmente é feio pro blogueiro vender as cortesias e ainda mais fazer do próprio blog um bazar de vendas de tais livros... enfim, foi só minha opinião...

    Bjs,

    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu já vi o post em alguns blogs e concordo plenamente com isso, tem um blog que não vou citar o nome, que está ate fazendo um bazar com um monte de livros. Achei muito errado.

    ResponderExcluir
  6. OI Lara!

    Parabéns pela postagem...Mesmo que não haja uma lei, é anti-ético...uma vez uma pessoa no skoob queria que eu vendesse um livro, eu disse que só trocaria, não venderia e a pessoa não entendeu quando eu disse que não vendia livros de parceria, só trocava..alguns entendem outros não, é igual a bom senso, uns tem e outros não..

    Bom FDS!
    Bjs :D
    Ensaios de uma leitura

    ResponderExcluir
  7. Oi Lara, temos que denunciar sim, pois depois quem paga somos nós blogueiros que tentamos fazer corretamente.
    Bjs, Ros.

    ResponderExcluir
  8. Oi gente! Que bom que gostaram do texto e da iniciativa. Fico feliz que existem muitos blogueiros que também não gostaram de saber das vendas e acham isso um absurdo.
    Obrigado pela ajuda ♥

    ResponderExcluir
  9. OLá Lara,

    Excelente post e iniciativa da Helena e sua....total falta de ética.....abçs.



    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu comecei um blog agora e o sonho da minha vida é fazer parcerias, então nunca venderia meus livros.
    Espaço a gente arruma, eu economizo e arrumo outra estante.
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir