Dublin


 O Mundo nas Páginas, é uma coluna em que falo sobre as coisas reais que estão nos livros.
Ex: monumentos  históricos, cidades, livros que os personagens liam, músicas que gostavam de escutar e etc.
Espero que gostem! 


Em O Mundo nas Páginas de hoje, falarei um pouco sobre Dublin, essa cidade que está presente em alguns livros!!!

Fundada pelos povo viking há mais de mil anos, Dublin é a capital da República da Irlanda desde a época medieval, sendo atualmente a maior cidade do país.
Dublin tem uma longa e interessante história, a qual marcou profundamente o seu desenvolvimento cultural. Algumas marcas desse legado histórico podem ser vistas nos monumentos e na arquitetura da cidade, como por exemplo no Trinity College, inaugurado por Isabel I em 1592, ou na arquitetura de estilo georgiano, presente nas famosas portas de Dublin. O legado histórico aparece constantemente nos movimentos culturais e nas tradições populares de Dublin.
Além disso, Dublin é a cidade natal de escritores ilustres e artistas famosos, tais como James Joyce,George Bernard Shaw, Oscar Wilde, o grupo de rock U2, entre outros. Também é uma terra repleta de estabelecimentos do tipo pub, onde se pode degustar a cerveja preta mais famosa do mundo: a Guinness. Dublin é um destino ideal para quem deseja estudar inglês e também para os que simplesmente desejam passar as férias em uma cidade repleta de pontos turísticos e com um dos povos mais acolhedores da Europa.

Essa linda cidade esta sempre presente nos livros de Marian Keyes, ela é a cidade natal das gurias da família Walsh, e é onde os pais delas moram atualmente. Em Melancia, Claire acaba de dar a luz e recebe a noticia de que também esta sem marido, sem ter o que fazer, ela vai para a casa de seus pais em Dublin! E em Tem Alguém Ai? o livro já começa na cidade, pois Anna esta se recuperando de um acidente. A Estrela Mais Brilhante do Céu também tem como palco essa cidade. Enfim, a grande maioria dos livros da autora possui Dublin como palco principal.
E eu achei mais dois livros que também falam da cidade,  são eles:


Um safado em Dublin é um clássico da transgressão. Uma narrativa fulgurante e frenética contrastando com a paisagem cinzenta da Irlanda. Sebastian Dangerfield, o fascinante canalha, protagonista desta história, circula num mundo de delírio, pobreza e de personagens insólitos, que contracenam no período difícil do pós-guerra. Como Joyce, J.P. Donleavy cria essa mistura estimulante de humor e ironia, de exasperação sexual e profundidade crítica que torna para sempre memoráveis os feitos de seus heróis. Dangerfield é a figura cômica e patética, canalha e sublime, sórdida e pura que nos revela, ao mesmo tempo, a grandeza e a miséria da condição humana. 


Novatos na divisão de Homicídios, Adam Ryan e sua inseparável companheira Cassie Maddox deparam-se com o maior caso de suas vidas quando um grupo de arqueólogos descobre o corpo de uma menina de apenas 12 anos na floresta de Knocknaree. Pressionados a encontrar os responsáveis pelo assassinato de Katharine Devlin, Ryan e Maddox embrenham-se em uma trama macabra que havia começado no dia 14 de agosto de 1984.
Naquela tarde de verão em Dublin, três crianças brincavam na floresta vizinha às suas casas quando misteriosamente desapareceram. Sabendo que os filhos conheciam intimamente a mata, os pais de Jamie Rowan, Adam Ryan e Peter Savage demoraram a desconfiar que houvesse algo de errado. Quando policiais e cães farejadores foram chamados para localizar os jovens desaparecidos, somente Ryan foi encontrado, sem nenhuma lembrança do que ocorrera com seus amigos. Jamie e Peter sumiram na floresta sem deixar pistas e o tenebroso caso foi arquivado pela polícia.
Enviado para longe do assédio da imprensa, Adam Ryan estudou em um colégio interno, desfez-se do passado e anos mais tarde se tornou policial. Apesar do esforço para manter o episódio em segredo, o detetive não pode ignorar as incríveis conexões entre o assassinato de Katharine Devlin e o sumiço de seus amigos vinte anos antes. Todas as vítimas tinham 12 anos e sofreram os ataques na mesma floresta. Para a mídia, as descobertas arqueológicas no antigo terreno da mata sugerem a ação de forças sobrenaturais.
Sem suspeitos para o crime, Ryan é obrigado a revisitar o local da tragédia que marcou sua infância. Arriscando colocar o dedo em feridas nunca cicatrizadas, o policial descobre que a solução do caso de Katharine Devlin também significa o fim do mistério do desaparecimento de Jamie e Peter. Para avançar nas investigações, o detetive precisa desvendar os segredos da floresta de Knocknaree e voltar os olhos para seu passado.

Achei interessante esse livro No Bosque da Memória, parece bom!
Então gente, por hoje é isso, e se vocês nunca leram nenhum livro da Marian, leiam!!!

Um beijão

13 comentários:

  1. Essa é uma cidade onde eu passaria o Final de Semana, é bonita e tranquila, tipo eu ahsuhaushuah' ;p
    Belo post !
    Abrç'z Parceira \õ
    tenerdificando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Lara, essa é uma das cidades que sonho conhecer. Na verdade, eu adoraria passar um ano na Irlanda e conhecer tudo. Beijos.

    http://olhareseleituras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ah, fiquei com vontade de conhecer a cidade agora *-*

    ResponderExcluir
  4. Taí um lugar que tenho vontade de conhecer!

    ResponderExcluir
  5. Lindo post, Lara! Amei. *-*
    Tenho muita vontade de conhecer Dublin!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Linda linda e linda!!! Dá vontade de ir pra essa cidade só de ver as fotos. Já li livros que se passam lá, ou falam de lá e sempre fico imaginando a cidade. Ahh, tão linda *-*

    ResponderExcluir
  7. Dublin é linda! Te indicamos a um selo no nosso blog, esperamos que curta! Pode conferir aqui: http://viciadas-em-livros.blogspot.com.br/2013/01/selo-de-qualidade.html
    Beijos,
    Viciadas em Livros.

    ResponderExcluir
  8. Fiquei com muita vontade de conhecer a cidade! Ótimo post!
    Beijos,
    Luana Karla - Sector 12 - http://sector-12.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Quando eu vi que você ia falar sobre Dublin, pensei na Mary haha, tenho muita vontade de conhecer a cidade, parece ser super linda! e é Irlanda né? tudo lá parece lindo!

    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  10. Nossa, adorei o post!
    Acho essa cidade magnífica, um dia a conheço de perto!!! *-*

    Beijooos

    E tem selinho pra vc lá no blog!! *-*
    http://kastmaker.blogspot.com.br/2013/01/memes-e-selinhos-meme-blog-feliz.html

    ResponderExcluir
  11. Nosso, adorei a foto das bicicletinhas. Neve, neve, neve...que delicia! Meu sonhoo!! *-*
    Adorei o post, deu vontade de viajaaar! rs

    Beijos
    www.carolinecuri.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu li no Bosque da Memória e achei bom, mesmo esperando um pouco mais dele.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  13. Adorei essa coluna *-* é muito interessante mesmo conhecer as coisas que são citadas nos livros, principalmente as cidades (:

    Amei seu blog e já estou seguindo!

    Floor, eu também estou começando um blog onde falo sobre os livros que ando lendo e os filmes que ando assistindo :P
    Se vc puder passar lá e me dar uma forcinha ficarei muito feliz!

    Beijos!

    http://bibliotecadaolly.blogspot.com.br

    ResponderExcluir