Annástria e o Príncipe dos Deuses - Selène d'Aquitaine


Annástria e o Príncipe dos Deuses
Autora: Selène d'Aquitaine
Editora: Ícone
352 páginas
Avaliação:5/5

"Assustador como o Universo é instável. Não sabemos ao certo o que é bom ou ruim, pois bom e ruim caminham lado a lado, um completa o outro. Toda a ação tem uma reação. Toda a ação que é iniciada, seja qual for, retorna em triplo." 


Entre as sete dimensões que existem, uma é a mais evoluída de todas, ela é governada pela deusa Memória e pelo deus Zolum. Essa dimensão chamas-se Annástria. 
E foi lá, que uma grande tragédia aconteceu, o filho dos deuses, Roreck, traiu seu irmão, rei de Annástria e o matou juntamente com a rainha, apenas o príncipe Darin conseguiu se salvar. Darin é um anjo que teve as penas de suas asas arrancadas por seu tio.

Suas penas foram espalhadas, e sem elas, o príncipe torna-se vulnerável às forças das trevas. E para que Darin seja salvo, ele é levado ainda criança para a casa de Pandora, uma feiticeira que mora na Terra, ele vive lá até o momento em que esteja preparado para ir para sua missão de salvar Annástria.

Aos 15 anos, o príncipe descobre tudo e se vê em meio a uma perigosa jornada, em que ele precisa recuperar todas as suas penas para ter sua alma completa novamente, pois ela esta fragmentada. Ele terá que passar por sete provas, contando apenas com a ajuda de Ímpar, uma feiticeira que estava adormecida há anos. E somente passando por essas provas a paz reinará e as dimensões irão se restaurar. Só assim, a alma de Darin não será corrompida pelo mal e Annástria será salva. Do contrário, Satine, a deusa das Trevas, dominará todas as dimensões.

Os dois jovens então, seguem a sua jornada em uma aventura arriscada, porém necessária.

"Tudo acontece por um motivo. Sejam coisas boas ou ruins. É preciso passar por vários tipos de experiência na vida. É assim que se evolui para melhor. Uns sofrem mais, outros menos. O espirito da pessoa escolhe viver da maneira que vive afim de quitar dividas de vidas passadas. Nós deuses, não damos a um ser, uma carga maior do que ele é capaz de carregar."

Em uma narrativa adorável, fui transportada para a dimensão de Annástria, onde me deparei com personagens magníficos, a autora criou diversos personagens, mas ela o fez tão bem, que mesmo sendo muitos, eu não me perdi em nenhum momento, pois a narrativa é bem clara e bem construída. Difícil dizer qual deles gostei mais, Darin é um garoto encantador e Ímpar é bem inteligente e forte, porém ela me irritou em alguns momentos. Eu também gostei muito de uma feiticeira chamada Angelina, ela é muito querida e faz tudo para ajudar os dois jovens. E o lado das trevas também é muito interessante, tem uma pessoa em especial que me chamou a atenção mas eu não posso ficar falando demais para não estragar as surpresas da trama. Mas enfim, adorei todo o povo de Annástria!

A autora criou uma estória muito criativa e surpreendente, diversas vezes eu pensava que iria acontecer algo e o que acontecia era totalmente o oposto do que eu imaginava. Foi uma leitura leve e muito agradável, uma trama repleta de aventuras e magia, onde eu me encantei com todas as pessoas e todos os lugares. E além disso, ainda me deparei com traições, paixões e grandes amizades. Gostei muito do livro e fiquei extremamente empolgada para ler a continuação.

Recomendadíssimo para todos aqueles que gostam de uma boa literatura fantástica! Leiam e descubram as surpresas de Annástria!



10 comentários:

  1. Segundo blog que eu vejo falando da autora e seus livros, eu não sou fã da capa, mas tenho certeza de que passaria momentos agradáveis lendo o livro.
    Parabéns pela resenha.

    Vanessa - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  2. Van, a capa é muito bonita, o dia que tu tiver a oportunidade de tê-lo em mãos tu vai ver como ela é bonita!!! E eu tenho certeza que tu ia adorar a estória! Beijokas

    ResponderExcluir
  3. Eita nóiz, só pela frase que você colocou em destaque eu ja me interessei em lê-lo, e sua resenha completou o trabalho haha ;)
    Vou dar uma pesquisada e quem sabe eu não consiga pegar ele? \o

    Parabéns e Sucesso \o
    tenerdificando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Amilgaaa!!!

    Não sou muito fã de estórias nordicas pois acabo me perdendo em meio a tantos deuses e semideuses...

    Mas já que vc disse que este é bem escrito e eu não vou me perder... Quando eu tiver uma oportunidade vou ler sim! ^^

    Beijokas minha Gathenhaaa!!!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Lara,

    Li e resenhei esse livro no blog e gostei muito, gosto da capa dele também, já estou lendo o segundo e estou gostando muito...parabéns pela resenha...abçs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que livro adorável!! Já quero ler! Parece ser ótimo...

    Um beijo,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ResponderExcluir
  7. Oi Lara!
    Eu ainda não li este livro, mas com certeza deve ser ótimo, além de sua resenha mostrar isso, eu conheci o trabalho da escritora em O Jardim das Rosas Negras e ela tem muito talento e criatividade.


    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Bem diferente esse livro. Parece ser ótimo mesmo ^^
    Adorei a sua resenha, ficou ótima!
    Bjuxxxx

    ResponderExcluir
  9. Ainda nao li nada da autora, mas a julgar pelo que todo mundo fala, estou perdendo, né? rsrsrs
    Morrendo de curiosidade aqui!
    Adorei a resenha! Só não curti muito essa capa. rsrs

    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
  10. Oi Lara *-*
    Ainda não li nada da autora², mas segundo a tua resenha esse livro parece ser muito interessante, e adoro esse tipo de livro que meche com coisas mais fantásticas.
    A capa não é do tipo super linda, mais ainda assim é fofa.
    Adorei a resenha.

    Beijos da Lua =*
    www.tyciahadiresenhas.blogspot.com

    ResponderExcluir