Negrinho do Pastoreio

Olá!!!! Hoje eu trouxe mais uma Literatura Tri Buena, e fiquei muito contente que a coluna foi aprovada por vocês!!! E assim que meu querido amigo voltar (computador), me organizarei para postar as colunas semanais!!!

A lenda de hoje é: 

Negrinho do Pastoreio!



"No tempo dos escravos, havia um estancieiro muito ruim, que levava tudo por diante, a grito e a relho. Naqueles fins de mundo, fazia o que bem entendia, sem dar satisfação a ninguém.

Entre os escravos da estância, havia um negrinho, encarregado do pastoreio de alguns animais, coisa muito comum nos tempos em que os campos de estância não conheciam cerca de arame; quando muito alguma cerca de pedra erguida pelos próprios escravos, que não podiam ficar parados, para não pensar bobagem... No mais, os limites dos campos eram aqueles colocados por Deus Nosso Senhor: rios, cerros, lagoas.

Pois de uma feita o pobre negrinho, que já vivia as maiores judiarias às mãos do patrão, perdeu um animal no pastoreio. Prá quê! Apanhou uma barbaridade atado a um palanque e depois, caindo, ainda foi mandado procurar o animal extraviado. Como a noite vinha chegando, ele agarrou um toquinho de vela e uns avios de fogo, com fumo e tudo e saiu campeando. Mas nada! O toquinho acabou, o dia veio chegando e ele teve que voltar para a estância.

Então, foi outra vez atado ao palanque e desta vez apanhou tanto que morreu, ou pareceu morrer. Vai daí, o patrão mandou abrir a "panela" de um formigueiro e atirar lá dentro, de qualquer jeito, o pequeno corpo do negrinho, todo lanhado de laçaço e banhando em sangue.

No outro dia, o patrão foi com a peonada e os escravos ver o formigueiro. Qual não é a sua surpresa ao ver o negrinho do pastoreio vivo e contente, ao lado do animal perdido.

Desde aí o Negrinho do Pastoreio ficou sendo o achador das coisas extraviadas. E não cobra muito: basta acender um toquinho de vela ou atirar num canto qualquer naco de fumo."

Bom, esta lenda está resumida, pois a original é bem grande e possui um vocabulário extremamente gaudério e de difícil compreensão. Ela é de um livro chamado "Contos Gauchescos e Lendas do Sul" do autor João Simões Lopes Neto. Em breve falarei mais sobre o ele!!!!

É isso, espero que tenham gostado e não esqueçam, caso percam algo, peçam ao negrinho que ele ajuda vocês!!!!

Esse post foi sugestão da Katielle, do blog Leitura Maravilhosa!


Um beijo a todos!!! ^^









10 comentários:

  1. Ahh!!

    Que coluna fofa!
    É bom para difundir nossa cultura! *o*



    Beijos,

    Samantha Monteiro
    Word In My Bag

    http://wordinmybag.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Lara,
    Que legal que tu falou no Negrinho do Pastoreiro, gosto muito das histórias e lendas aqui do Sul, minha terra amada que não troco por nenhuma outra.

    Um grande Bj!
    Katielle

    *tomara que teu computador volte logo!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Lara!
    Adoro esta coluna. =)
    É muito bacana saber mais à respeito de algumas lendas e, é claro, conhecer novas histórias também.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oii florzinhaaaa

    Nossa, fico muito feliz quando vejo aqui no Magia alguma postagem divulgando nossa cultura que é tão rica!!!!

    Sua iniciativa é sensacional.

    Vanessa - Balaio

    ResponderExcluir
  5. Olá, Lara.
    Acho bem bacana esses seus post, ainda mais falando sobre o Negrinho do Pastoreio, que é uma das lendas que mais gostava - apesar de conhecer apenas a "parte reduzida".
    Vou esperar pelo post sobre o "Contos Gauchescos e Lendas do Sul" \o/

    Espero que seu computador volte logo. É muito ruim, né?

    Beijos
    Ricardo - www.overshock.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho esse livro, li obrigada e não gostei, mas lembro que o único conto que me chamou a atenção foi esse, porque eu já conhecia a história!
    não sabia dessa coluna, mas adorei!

    beijos, Lu

    ResponderExcluir
  7. Que legal essa lenda ^^ Nunca li nenhuma parecida já que não tenho muito contato com contos brasileiros, mas um dia desses eu leio e acho que irei gostar ^^

    Beijinhos Lara,
    Kimy Gabrielli.
    blogkimygabrielli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Adorei a ideia!!!!
    Está faltando lugares que divulguem mais as nossas lendas, histórias, cultura.

    Parabéns...

    Até mais

    http://sussurrodanoite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Lara *--* que pena que seu PC ainda não voltou :'(
    Mas eu já conhecia essa lenda.. desde pequeno.. E SEMPRE tive medo dessa história, não sei ao certo por que.. mas enfim, gostei bastante ;)

    Fernando

    http://nerdliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu já tinha ouvido falar desse livro
    Mas nunca tive oportunidade de ler

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir